> > > Mercado da Boca

Mercado da Boca

Mercado da Boca
Localizado em Nova Lima (MG), o Mercado da Boca ganhou elementos de decoração que resgatam as tradições da culinária mineira. O projeto é do escritório Gustavo Penna Arquiteto, em parceria com o Bloc Arquitetura e AR.Lo Arquitetos Foto/Imagem:Jomar Bragança

Para os amantes da gastronomia

Projetado pelos escritórios Gustavo Penna Arquiteto + Bloc Arquitetura + AR.Lo Arquitetos, o Mercado da Boca oferece uma experiência única aos visitantes, com várias opções de comidas e bebidas em um ambiente confortável. O empreendimento está localizado em Nova Lima (MG).

A proposta era criar uma atmosfera semelhante às quermesses, com diversas opções de barraquinhas e sabores da cidade mineira. O mercado dispõe de cervejarias, adegas de vinhos com dezenas de rótulos, restaurantes com chefs renomados, amplos espaços de uso comum e outros.

A construção – que antes abrigava o Jardim Casa Mall – possui 4.000 m² de área construída. O novo projeto permitiu a criação de ambientes totalmente integrados e cheio de possibilidades.

“Para a identidade do Mercado da Boca, tomamos como ponto de partida as letras D e B que, juntas e invertidas, formam uma boca – BD”, explica o designer Gustavo Greco, responsável pela criação do nome do projeto e da sinalização à frente do mercado.

Ao procurar definir a paleta de cores dos ambientes, os arquitetos se basearam no quadro "A Última Ceia", de Manuel da Costa Ataíde.

Torre de panelas

A torre de panelas com 9 m de altura é o grande destaque do projeto Foto: Jomar Bragança

As comidas típicas de Minas e a forma de convívio dos mineiros inspiraram os arquitetos no desenvolvimento de cada detalhe do projeto, como a torre de panela no centro do salão, estandes com chaminé, luzes no interior e arquibancada com horta. Esses elementos nasceram através de uma brincadeira e, atualmente, representam uma dimensão lúdica da arquitetura.

O que chama a atenção dos visitantes no centro do mercado é a torre de 9 m de altura, constituída por 47 panelas. A sequência vertical dos utensílios integra os dois pavimentos – térreo e primeiro andar –, gera convergências e atrai olhares. É um ponto de referência onde as pessoas podem se encontrar.

“Panela, panelinha, panelaço. Todas as panelas do mundo estão ali. A comida que saboreamos vem dela. É nela que é feita a alquimia da comida, onde a mágica acontece”, conta o arquiteto Gustavo Penna.

Para completar a extensa torre de panelas, a ferramenta mais utilizada da cozinha: uma colher de ouro. “Afinal, cozinhar é um ato de generosidade, de gentileza com o outro”, conclui Penna.

Veja outros mercados na Galeria da Arquitetura:

Mercado dos Peixes

Ecomercado Palhano

Empório Hippo


Escritório

AR.Lo Arquitetos1 projeto(s)Bloc Arquitetura2 projeto(s)Gustavo Penna Arquiteto e Associados23 projeto(s)

Local: MG, Brasil
Início do projeto: 2016
Conclusão da obra: 2018
Área construída: 4.000

Tipologia:
Comercial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo