> > > YPY

YPY

YPY
Uma área de lazer diferente, dentro de um condomínio no litoral norte de São Paulo, alia o projeto conciso comandado pelo SuperLimão Studio às condições do terreno e à experimentação de novos materiais Foto/Imagem:Maira Acayaba

Remodelando o espaço

A fórmula usada pelo escritório de arquitetura SuperLimão Studio durante a reforma de uma área de lazer, em um condomínio no litoral norte de São Paulo, envolve aliar um projeto conciso às condições do terreno e à ousadia em experimentar novos materiais. “Originalmente, o projeto era apenas um galpão da construtora, usado durante a obra do condomínio. Hoje ele dá lugar a uma bela área de convivência”, completa o arquiteto Antônio Carlos Figueira de Mello.

“Devido à localização privilegiada do terreno, que está em uma das últimas porções do litoral, repleta de grande área verde preservada, optamos por diminuir ao máximo a geração de entulho e aperfeiçoar técnicas passivas de conforto ambiental e consumo de água e energia”, conta.

O pedido dos proprietários era tornar aquela área mais humanizada, propondo locais de convívio para os condôminos, já que a antiga construção não propiciava condições adequadas para a longa permanência, sendo utilizado mais pelas crianças.

Cobertura em destaque

“O grande destaque do projeto é a cobertura”, comenta o arquiteto. Por meio de estudos de ventilação e insolação, o escritório optou por fazer uma nova cobertura formada por três águas. Durante o dia, quando as temperaturas são maiores, a inclinação do telhado funciona como um funil, captando a brisa vinda do mar e criando um ambiente fresco. Já durante a noite, quando as temperaturas caem, a abertura posicionada do lado oposto, na parte superior do telhado, proporciona a renovação do ar.

A antiga cobertura foi planejada para proteger os equipamentos de obra e oficinas, por isso, não atendia as necessidades de uma área de convívio. A proposta de uma cobertura nova teve de ser muito bem planejada para o novo uso.

A sobreposição das três águas forma uma bandeja de luz que trabalha em conjunto com os beirais e permite um ambiente bem iluminado e com baixa incidência de raios ultravioletas, que aumentam a temperatura. “Um detalhe levado em conta é a capacidade de o telhado captar a água da chuva, o que é muito importante nesta região, que até poucos anos dependia de caminhões pipa e poços artesianos. A água recolhida é utilizada tanto em vasos sanitários quanto na irrigação e lavagem”, relata Antônio.

Aproveitamento dos materiais

As telhas foram moídas e utilizadas nas novas paredes da construção. Além da economia de material e descarte, elas proporcionaram paredes com ótimo isolamento térmico, devido à alta concentração de cerâmica. “Em relação ao aproveitamento de materiais, praticamente usamos tudo in loco. Exemplo disso é a madeira da estrutura do telhado, utilizada também na estrutura do deck e no mobiliário”, explica.


Escritório

SuperLimão Studio24 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Área construída: 450

Tipo de obra:
Residência
Tipologia:
Residencial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo