> > > Unilever - Aguaí

Unilever - Aguaí

Unilever - Aguaí
Nova fábrica aposta em soluções sustentáveis para garantir sua certificação LEED, com projeto flexível e inovador Foto/Imagem:Leonardo Finotti

Responsabilidade transparente

Para proporcionar aos funcionários e visitantes fluxos mais organizados dentro de um modelo contemporâneo e flexível, o projeto do novo edifício industrial da Unilever – localizado em Aguaí, município de São Paulo – atende às necessidades de racionalização e sustentabilidade.

Idealizada pelo escritório GCP Arquitetura, a construção da nova estrutura considera as futuras ampliações, além de priorizar o pedestre. “O projeto urbanístico prima pela clareza de fluxos, criando eixos de utilidades, circulação de veículos leves ou pesados, matérias-primas, produtos acabados e a valorização do acesso por transporte coletivo e bicicleta”, destaca o arquiteto responsável Sergio Coelho.

No miolo do edifício, foram instalados os espaços sociais e administrativos de escritórios, um auditório, um refeitório, um ambulatório e os vestiários. “Por ficar no centro, o layout possibilita que as unidades de produção industrial tenham localização orbital a esse núcleo, seja na primeira fase de implantação, seja nas futuras ampliações, garantindo que não haja cruzamento de fluxos de pedestres e de veículos”, explica o arquiteto.

Conceito

As áreas de trabalho dos escritórios se conectam através de panos envidraçados às áreas comuns sob a marquise, proporcionando contato com o exterior – rico em paisagismo, com espelho d’água e decks. “Essas áreas de convívio servem como grande ponto de encontro e convivência de toda a comunidade do edifício”, explica.

Sustentabilidade

A construção da edificação priorizou a qualidade ambiental para garantir ao empreendimento a certificação LEED. No núcleo, as áreas sociais e administrativas estão organizadas em blocos expansíveis e modulares cobertos por uma moderna marquise. “Com desenho arrojado, ela é vazada por rasgos em cruz, que com coberturas de concreto e membrana de PTFE, organizam fluxos e o programa, servindo ainda para garantir iluminação natural e coleta de água de chuva para reuso”, conclui.


Escritório

GCP Arquitetos12 projeto(s)

Local: SP, Brasil
Início do projeto: 2012
Conclusão da obra: 2013
Área do terreno: 980.000
Área construída: 24.500

Tipo de obra:
Indústrias
Tipologia:
Industrial

Materiais predominantes:

Diferenciais técnicos:

Ambientes e Aplicações:

Slideshow

Ficha Técnica

Exibir mais itens
novidades fechar
Receba o boletim da
Galeria da Arquitetura
veja um exemplo